Notícias

Filmes de Mazzaropi são destaques do Cine Santana em SJC

O Cine Santana (Avenida Rui Barbosa, 2005 - Santana) vai exibir nesta segunda-feira (11), às 14h e às 19h, o filme "O Corintiano", de Amácio Mazzaropi. A entrada é gratuita.

Mazzaropi é "Seu" Manuel, um barbeiro fanático pelo Corinthians Paulista, que é capaz das maiores loucuras para torcer pelo seu time do coração: andar com um burro preto e branco, bater boca com torcedores de times rivais, fazer promessas malucas, orações, sofrimento e "xingamentos" na arquibancada.

Amacio Mazzaropi nasceu em 1912, em São Paulo. Aos 14 anos, deixou a casa paterna, à revelia dos pais, para acompanhar o Circo La Paz. Hoje ele é tido como um dos maiores cômicos do cinema brasileiro, com produções que foram fenômeno de público por mais de três décadas. Mazzaropi fez 32 longas-metragens, contando histórias que abordavam o racismo, a religião, a política e até a ecologia.

Histórias da infância

Nesta terça-feira (12), dois filmes sobre a infância serão destaque no Cine Santana. O curta-metragem "Linha do Mar" e o longa "Vermelho como o Céu" estarão em cartaz em duas sessões gratuitas, às 14h e às 19h, pelo projeto Ponto MIS.

Dirigido pelo brasileiro Felipe Vernizzi, o curta-metragem "Linha do Mar" conta a história de um garoto que sofre de sonambulismo. A mãe, preocupada, amarra um fio entre ele e ela. A trajetória do menino é contada até os dias adultos, quando ele se torna um pai de família sonhador.

Baseado na história real do renomado editor de som Mirco Mencacci, o roteiro de "Vermelho Como o Céu" descreve os passos que o italiano percorreu em sua infância, despertando a criação artística. Por conta de seu problema de visão, Mirco teve que se separar dos pais para estudar em um colégio interno. Junto de seus amigos, Mirco produz um trabalho com efeitos sonoros incríveis. O filme, que foi dirigido por Cristano Bortone, foi lançado em 2006.

O "Ponto MIS" é um projeto da Secretaria Estadual de Cultura em parceria com a Fundação Cultural Cassiano Ricardo. Por meio de exibição de filmes e oficinas de audiovisual, o "Ponto MIS" tem como objetivo formar público no campo do cinema.